08 outubro 2009

Que se danem os nós


Vim gastando meus sapatos
Me livrando de alguns pesos
Perdoando meus enganos
Desfazendo minhas malas
Talvez assim chegar mais perto
Vim achei que eu me acompanhava
E ficava confiante
Outra hora era o nada
A vida presa num barbante
Eu quem dava o nó

Eu lembrava de nós dois mas já cansava de esperar
E tão só eu me sentia e seguia a procurar
Esse algo alguma coisa alguém que fosse me acompanhar

Se há alguém no ar
Responda se eu chamar
Alguém gritou meu nome
Ou eu quis escutar

Vem eu sei que tá tão perto
E por que não me responde
Se também tuas esperas te levaram pra bem longe
É longe esse lugar

Vem nunca é tarde ou distante
Pra eu te contar os meus segredos
A vida solta num instante
Tenho coragem tenho medo sim
Que se danem os nós

Se há alguém no ar
Responda se eu chamar
Alguém gritou meu nome
Ou eu quis escutar

(Antonio Villeroy)

6 comentários:

Fer Siqueira* disse...

"Vim achei que eu me acompanhava..." (Ana Carolina)rsrs... ^^

É uma das letras que mais amo. acho que pra cada pessoa ela terá um significado diferente e um verso certo, que resume nosso caos, nosso jeito... o meu é esse ^
É difícil entender como o amor a alguém pde fazer-nos tão grandes junto e tão pequenos e prestes a quebrar longe... como se perde o chão e a capacidade de voar com palavras erradas... com brigas inuteis... como ficamos vagando por ai, nos acompanhando ou pensando ao menos que fazemos isso... gastando os sapatos e nos livrando de pesos que já foram parte de nós... desfazendo malas que uma hora qq fizemos pra ir em frente... e, indo, ficar mais perto... do outro... e não, desfazendo-as com dor e arrependimentos e saudades que gritam em nossos ouvidos, ficar mais pertos... de nós mesmas... pra quem sabe ter somente coragem, por o medo de lado... e voltar, chamar, e que se danem os nós... os outros. pra quem sabe desfazer os nós do barbante do amor... que se machucaram ali...em algum canto da alma... e que agora impede de falar, responder... de ouvir... de pedir desculpas... de outra vez... AMAR.

=)

te adoro RÔ ^^

Maryama* disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maryama* disse...

"Deixa desatarem nós..."

Maryama* disse...

Rô, minha flor ;)
Tem um selinho pra você no meu blog.
Dá uma passada lá pra ver.
Espero que goste.
Te amo ♥

Verônica disse...

Lindo texto!

Saulo Nunes disse...

adorei os textos e as imagens !
eo perfil "...Porque metade de mim é o que eu grito. Mas a outra metade é silencio"
do oswaldo montenegro kkk muito bom ele !

to seguindo o blog tá ! bjo